TRADUTOR (TRANSLATE)

terça-feira, 31 de março de 2015

Desfiar Peito de Frango

Esta é com certeza a maneira mais rápida de desfiar peito de frango. Eu estava querendo testá-la a bastante tempo. 

Limpe os peitos de frango, tirando todo o excesso de gordura. Corte o peito em 4 ou 5 pedaços.
Coloque na panela de pressão, coloque água de modo que a mesma fique uns dois dedos acima do frango.
Caso queira colocar temperos, fique a vontade.
Coloque a panela de pressão no fogo, e depois que começar a pressão, deixe cozinhar por uns 15 minutos.
Retire do fogo, deixe esfriar e sair toda a pressão antes de abrir.


Retire a água, deixando apenas o frango. Volte a fechar a panela e sacuda a mesma por uns 10 a 15 segundos.
Pronto, o frango está todo desfiado.


Frango de Panela

INGREDIENTES

1 frango de aproximadamente 900 grs cortado a passarinho
2 tomates picados
2 dentes de alho picados
1 cebola média picada
tempero verde a gosto
1 pimenta vermelha pequena picada ou pimenta calabresa seca a gosto
1 envelope de caldo de galinha
1 xíc chá de água fervente
2 colheres de sopa banha (pode utilizar azeite)
Azeitonas fatiadas a gosto
Suco de 1 limão


MODO DE PREPARO

Aqueça a banha em uma panela grande com fundo grosso, de preferência de ferro e refogue nela os pedaços de  frango até que fiquem levemente dourados.


Dissolva o caldo de galinha em uma xicara de  água fervente e reserve.
Acrescente o alho e a cebola ao frango e refogue por alguns minutos.
Adicione o tomate picado e a pimenta e misture bem.


Em seguida, adicione o caldo de galinha dissolvido e o tempero verde, misture bem e mantenha tampado, cozinhando em fogo alto, mexendo de vez em quando.


Quando o frango estiver soltando do osso e o molho tiver engrossado, acrescente as azeitonas e o suco de limão e misture bem, e desligue o fogo.
Sirva com arroz branco.



domingo, 29 de março de 2015

The Naked Grape Cabernt Sauvignon

País de Origem: Estados Unidos, Califórnia
Vinícola: The Naked Grape
Safra: 

Composição: Cabernet Sauvignon (100%)
Teor Alcoólico 13,0%
Guarda: 4 anos
É um vinho que não passa por envelhecimento.

Características: Cor rubi com olfativo de amoras, cereja e groselha negra, com leves nuances de especiarias. Na boca é frutado, com uma agradável acidez e macio de beber.
Faixa de Preço (04/2015): Em torno de  R$ 44,00

Ideal de ser bebido a uma temperatura de 15 graus.

Vai  bem com pratos de batatas, risotos com queijo e pratos com carnes leves, tipo iscas.

Minha avaliação:

The Naked Grape Pinot Noir

País de Origem: Estados Unidos, Califórnia
Vinícola: The Naked Grape
Safra: 

Composição: Pinot Noir (100%)

Teor Alcoólico 13,0%
Guarda: 3 anos
É um vinho que não passa por envelhecimento.

Características: Cor rubi violáceo com olfativo de cereja e geléia de morango. Na boca é um vinho jovem, leve e macio com saboir de geléia de frutas vermelhas.
Faixa de Preço (04/2015): Em torno de  R$ 44,00

Ideal de ser bebido a uma temperatura de 15 graus.

Vai  bem com massas, estrogonofe e esfirras.

Minha avaliação: 



Muffins de Chocolate

INGREDIENTES

2 ovos
1 xíc chá de açúcar
1 xíc chá de farinha
6 col sopa de chocolate em pó (ou cacau)
1 col sopa de fermento em pó
1 col cháde essência de baunilha
2/3 de uma xíc chá de leite
2/3 de uma xíc chá de manteiga ou margarina
1 xíc chá de gotas de chocolate

MODO DE PREPARO

Bata os ovos com o a açúcar  e depois misture a farinha, o chocolate em pó, o fermento, a baunilha e o leite.
Misture a manteiga derretida.
Coloque as gotas de chocolate ( passa elas primeiro na farinha de trigo para que  não desçam todas para o fundo do muffin)
Pegue uma forma para cupcakes, coloque forminhas de papel e distribua a massa. Rende de 10 a 12 forminhas.
Asse por mais ou menos 30/40 minutos em forno pré aquecido a 180 graus. Lembre que o tempo é referencial e depende de cada forno. Faça o teste do palito.
Sirva por exemplo com sorvete.



obs: Você pode utilizar metade da farinha integral, substituir a manteiga por margarina light, e usar açucar mascavo. 

sexta-feira, 27 de março de 2015

Pão de Queijo para máquina de pão

Esta é uma receita para ser feita na máquina de pão, mas eu resolvi apenas amassar a massa na máquina, levando o pão para ser assado no forno convencional a gás.


As medidas citadas, colher de chá, colher de sopa e copo, referem-se as medidas que acompanham a máquina.

Ingredientes para pães de 900 g
1 1/3 copos de água ou leite
1 1/2 colheres (sopa) de margarina (eu substitui a margarina por banha)
1 1/2 colheres (chá) de sal
2 colheres (sopa) de açúcar
1 pacote de queijo ralado (em torno de 50 gr)
4 copos de farinha de trigo
1 colher (sopa) de orégano
2 colheres (chá) de fermento biológico seco

Ingredientes para pães de 600 g
1 copo de água ou leite bem cheio
1 1/2 colheres (sopa) de margarina
1 1/2 colheres (chá) de sal
2 colheres (sopa) de açúcar
1 pacote de queijo ralado (em torno de 50 gramas)
3 copos de farinha de trigo
1 colher (sopa) de orégano
2 colheres (chá) de fermento biológico seco

Modo de Preparo totalmente na máquina

Retire a fôrma de assar de dentro da panificadora e adicione todos os ingredientes na ordem acima. Recoloque a fôrma de assar na panificadora.
Selecione o tamanho do pão, a cor da casca e o ciclo Normal ou Sanduíche. Feche a tampa e pressione o botão liga/desliga.
Obs.: Quando usado o ciclo ‘‘Sanduíche’’ não será possível escolher a COR.

Eu resolvi utilizar apenas o ciclo de amassar/massa e depois assar o pão no forno tradicional.
Neste caso, depois de colocar todos os ingredientes na forma, selecione o ciclo massa/amassar.



Depois de concluído, pegue uma forma de pizza, unte e enfarinhe (para o pão não grudar) e ajeite a massa no centro. Leve ao forno pré aquecido a 180 graus por aproximadamente 50 minutos (até ficar com a casca dourada - use o palito para testar).



quinta-feira, 26 de março de 2015

Arroz Integral 7 grãos com champignon

INGREDIENTES

1 xíc chá de arroz integral 7 grãos (eu utilizei o 7 grãos+soja)
3 xíc água
1 envelope de caldo de galinha
4/5 cogumelos do tipo champignon grandes fatiados

MODO DE PREPARO

Em uma panela coloque a água para ferver.  Quando iniciar a fervura, adicione o arroz 7 grãos, o caldo de galinha e os cogumelos fatiados. Deixe cozinhar até o arroz ficar tenro e evaporar toda a água. Se for necessário, acrescente mais água aos poucos. 
Sirva quente.

Salada de Cevadinha

INGREDIENTES

1 xíc chá de cevadinha
1 cebola roxa media cortada em cubos pequenos
1/2 pimentão vermelho pequeno cortado em cubos
1 tomate japônes picado (vc pode utilizar o tomate tradicional sem semente)
1 talo pequeno de salsão picado
água

MODO DE PREPARO

Coloque a cevadinha em uma panela, cubra com um dedo de água e coloque para ferver. Desligue o fogo quando a cevadinha estiver tenra (não mole), o que deverá ser aproximadamente depois de aproximadamente 10 a 15 minutos de fervura. Caso seja necessário, acrescente mais água. Coe e coloque no refrigerador para esfriar.
Pouco antes de servir, misture a cevadinha com a cebola, o pimentão, o tomate e o salsão. Misture bem, tempere a gosto.

Tomate Japonês

Eis ai um tomate que eu não conhecia. Meu contato com ele foi neste final de semana na Ecogumelo (cultivo de champignons na Br 386 - clique aqui para ver o artigo no Blog Turismo em Duas Rodas). Eles possuem algum cultivo e me deram algumas unidades para experimentar. Fui pesquisar. 

Ele é também conhecido como Tamarilho, Tamarillo (pronuncia-se tamarijo), tomate francês, tomate de árvore, ou ainda tomate arbóreo.
É uma fruta tropical, originária dos andes, muito semelhante ao nosso tradicional tomate. Sua cor é uma variação entre o vermelho, amarelo e laranja.
A parte externa é carnuda e rija, com sabor bastante ácido. Seu interior é macio com pequenas sementes. Ele literalmente nasce em uma árvore de pequeno porte.

Árvore do tamarillo. Foto obtida na Internet
Ele possui muitas propriedades terapêuticas, possuindo grande teor de vitaminas B6, C, E e pró-vitamina A. Possui minerais como o cálcio, fósforo, magnésio e ferro.
Rico em substâncias antioxidantes e com grande quantidade de fibras.

Segundo os especialistas:
- pelo fato de possuir baixas calorias, pode ser incluído em dietas; 
- se consumido fresco e em jejum, pode auxiliar no combate da gripe;
- auxilia no fortalecimento do sistema imunológico;
- auxilia no tratamento de problemas do fígado, bem como melhora a visão;
- auxilia no controle do colesterol e da pressão elevada.

Ele é muito utilizado para suco, mas também pode ser incluído em molhos e outras preparações.
Alguns dizem que ele tem aroma de maracujá, mas eu particularmente provando ele "in natura" me lembrou goiaba.
Eu o utilizei picado com outros temperos e com hastes de champignon picadas, em champignons recheados e no molho de rim com batata. Aprovou.



terça-feira, 17 de março de 2015

Risoto Cevadinha com Frutas Secas (Orzotto)

Orzotto é o nome dado ao risoto feito com cevadinha, e isto vem do italiano "orzo" que significa cevada.

INGREDIENTES

-1/2 cebola roxa pequena cortada em cubos pequenos
-1 dente de alho picado
-100 grs de cevadinha em grãos
-1 colher (sopa) de azeite de oliva
-1 xíc chá de vinho branco de mesa
-400 ml e caldo de legumes
-2 col sopa de damasco picado em cubos pequenos
-1 col sopa de ameixa seca picada

-2 col sopa pimentão vermelho picado cubos pequenos
-1 col sopa de uvas  passas brancas
-1 col sopa de uvas passas pretas
-1 col sopa de talo de salsão picado pequeno
-1 col sopa de cenoura picadas em cubos pequenos
-sal a gosto






MODO DE PREPARO



Coloque a cevadinha em uma panela, cubra com um dedo de água e coloque para ferver. Desligue o fogo quando a cevadinha estiver tenra (não mole), o que deverá ser aproximadamente depois de uns 10 minutos de fervura. Coe e reserve. 


Em uma panela do tipo wok, aqueça o azeite e refogue metade da cebola.

Junte o alho e a cevadinha e refogue. Adicione o vinho e espere evaporar, mexendo de vez em quando. Acrescente uma concha do caldo de legumes quente, aguarde evaporar para adicionar a próxima concha.





Coloque a cenoura, o pimentão, o salsão e o restante da cebola. Continue colocando caldo e mexendo de vez em quando até a cevadinha estar no ponto de risoto (al dente). Ainda no fogo, acrescente as frutas secas picadas e misture bem. Se desejar corrija o sal. 
Sirva quente.



PS: como a cevadinha foi previamente cozida, o tempo de preparo do risoto é mais rápido do que os risotos tradicionais com arroz.

segunda-feira, 16 de março de 2015

Cuscuz com Cogumelos

INGREDIENTES (para uma porção)

80 grs Cuscuz
60 grs de Cogumelos fatiados (se você utilizar o shimeji, não precisa fatiar)
1 col sopa de azeite
1 col sopa molho shoyu

1/2 col sopa manteiga
sal e pimenta a gosto

MODO DE PREPARO

Hidrate o cuscuz em 150 ml de água quente e deixe descansar por 10 minutos. Tempere com sal e pimenta.



Em uma frigideira, coloque o azeite e a manteiga, e quando estiver quente coloque os cogumelos, deixe cozinhar até estarem macios.
Adicione o molho de soja e misture bem. Coloque o cuscuz, corrija o tempero se necessário.
Sirva quente.

Ruffino Chianti DOCG 2012

País de Origem: Itália, região de Chianti
Vinícola: Ruffino
Safra: 2012
Amadurecimento: Em tanques de concreto e de aço inox

Composição: Sangiovese, Canaiolo e Colorino
Teor Alcoólico: 13 %
Guarda: 4 anos

Características: Cor vermelho rubi, com olfativo de frutas vermelhas e negras frescas, ameixa, amora, cereja e morango, notas florais de violeta e especiarias. No gustativo é um vinho frutado, fresco, equilibrado, com taninos maduros, com notas de tomilho e pimenta seca.
Faixa de Preço (03/2015): Em torno de  R$ 58,00
Ideal ser servido a temperatura de 15 graus.

Acompanha  berinjela a parmegiana, carnes vermelhas assadas, massas com molho vermelho, pizzas em geral e lasanhas com queijos médios.

PS: Foi o primeiro vinho a apresentar o selo de qualidade de origem DOCG com a denominação Chianti.

Minha avaliação:

Latitud 33° Cabernet Sauvignon 2012

País de Origem: Argentina, Valle de Uco, Mendoza
Vinícola: Bodegas Chandon
Safra: 2012
Amadurecimento: com passagem em barricas de carvalho

Composição: Cabernet Sauvignon (100%)
Teor Alcoólico: 14%
Guarda: 4 anos

Características: Cor Rubi com reflexos violáceos, olfativo de frutas negras, com notas de especiarias e baunilha. Vinho frutado, jovem, com taninos maduros e notas de pimenta.
Faixa de Preço (03/2015): Em torno de  R$ 37,00
Ideal ser servido a temperatura de 15 graus.

Acompanha  carnes , massas, pizza portuguesa, lasanha ao molho de calabresa e mix de queijos.

Minha avaliação:


Honório Rubio Añadas - Edição Limitada

País de Origem: Espanha, Rioja
Vinícola: Honório Rubio
Safra:  2011
Branco

Composição: Viura 100%
Amadurecimento de 3 anos em barricas de carvalho

Teor Alcoólico: 13%

Características: cor amarelo palha com notas douradas, olfativo apresentando grande complexidade aromática, com notas de pimenta, cravo, alecrim, canela, camomila, incenso e casca de laranja. Apresenta uma acidez equilibrada, o que o torna suave e cremoso, com sabor de fruta madura como marmelo, fundida com notas de compota de citrinos.
Guarda:  5 anos
Faixa de Preço (03/2015): Em torno de  R$ 208,00

Ideal de ser servido a uma temperatura de 11 graus

Harmoniza com risoto de legumes com frango, macarrão a primavera, leitão a pururuca, frutos do mar e queijos leves.

Minha avaliação:

Espumante Salton Reserva Ouro Brut

País de Origem: Brasil, Bento Gonçalves
Vinícola: Salton
Tipo: Espumante Natural Brut

Composição: Chardonnay (60%), Pinot Noir (20%) e Riesling (20%)
Teor Alcoólico: 12%
Guarda: 2 anos


Características: Amarelo claro e brilhante. Olfativo de abacaxi, baunilha, fermento e pão torrado. Espumante seco, refrescante e cremoso.

Faixa de Preço (03/2015): Em torno de  R$ 38,00
Ideal ser servido a temperatura de 8 graus (conforme os Sommeliers). Eu pessoalmente gosto de qualquer espumante, o mais gelado possível.

Acompanha  anéis de cebola, kibe cru, salda de macarrão, paella, frutos do mar e canapés.

Minha avaliação:

JP Chenet Cabernet Syrah 2013

País de Origem: França, região de Languedoc/Roussillon
Vinícola: Les Caves de Landiras
Safra: 2013 

Composição: Cabernet Sauvignon (60%) e Syrah (40%)
Este vinho não passa por barris de carvalho.

Teor Alcoólico: 13%

Características:  Possui cor vermelho intenso, aroma com um bouquet de frutas vermelhas como cerejas e amoras.

Guarda:   3 anos
Faixa de Preço (03/2015): Em torno de  R$ 40,00

Ideal de ser servido a uma temperatura entre 16 e 18 graus.

Harmoniza bem com carnes, saladas e grande variedade de queijos.

Minha avaliação:

Espumante Conde de Foucauld Brut

País de Origem: Brasil, Bento Gonçalves
Vinícola: Aurora
Tipo: Espumante Natural Brut

Composição: Riesling e Semillon
Teor Alcoólico: 11%
Guarda: 2 anos

Características: Coloração amarelo-palha esverdeado, com olfativo de frutas cítricas. Sabor marcante e fresco.

Faixa de Preço (03/2015): Em torno de  R$ 21,00
Ideal ser servido a temperatura de 8 graus (conforme os Sommeliers). Eu pessoalmente gosto de qualquer espumante, o mais gelado possível.

Acompanha  antepastos frios,  peixes com azeite de oliva, filé de anchovas, peixes como filé de pescada frita empanada, pizza de atum, frango ao alho e óleo.

Minha avaliação:

quarta-feira, 11 de março de 2015

Salada com figos frescos, atum e palmito

INGREDIENTES

Salada verde a seu gosto (alface, rúcula, agrião, etc)
tomate cereja
figos frescos
palmito picado a gosto
azeitona preta
cenoura
filé de atum em conserva
azeite de oliva

MODO DE PREPARO

Lave bem todos os legumes e as folhas. 
Rasgue as saladas verdes com a mão. Corte os tomates cereja ao meio. Corte os figos em quatro no sentido do comprimento.
Rale a cenoura  e monte a salada misturando tudo exceto os figos e as azeitonas. Tempere a gosto ou deixe para cada um temperar no prato.
Coloque os figos frescos e as azeitonas por ultimo em cima. Regue tudo com azeite, inclusive os figos.



terça-feira, 10 de março de 2015

Berinjela a Parmegiana

INGREDIENTES

1 Berinjela tamanho médio
1 Tomate fatiado fino
fatias de queijo mozarela (você pode utilizar mozarela de búfala)
Sal á gosto 
Orégano
Azeite de oliva

MODO DE PREPARO


Lave e corte a berinjela em fatias de aproximadamente 1cm de espessura.
Em um frigideira, coloque azeite e quando estiver quente, coloque as fatias de berinjela até que tomem cor e fiquem macias. Não esqueça de virá-las. 


Coloque-as em uma assadeira antiaderente e tempere com sal a gosto.


Coloque as fatias de tomate sobre a berinjela, e sobre o tomate, coloque pedaços de mozarela.


Adicione orégano á gosto. Coloque uma fina lâmina de água na forma e leve ao forno pré aquecido a 180 graus até o queijo derreter.
Sirva quente




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...